16 clubes que disputam a Série A1 do Campeonato Paulista combinam de voltar juntos aos treinos


A Federação Paulista e os 16 clubes da Série A1 resolveram que vão voltar juntos os treinos após o isolamento social. A decisão foi tomada de maneira unânime uma vez que o Estado de São Paulo está com isolamento social decretado até o dia 22 de abril, e tudo indica que esse prazo será prolongado.



O Campeonato foi interrompido quando restavam apenas duas rodadas para a fase de grupos e mais as quatro datas previstas para os mata-mata (um jogo de quartas de final, um jogo de seminal e dois jogos da final).

Ainda sem data para o retorno, os clubes imaginam que num cenário positivo as coisas possam voltar ao normal na primeira quinzena de maio. Mas isso depende muito mais da evolução do combate à pandemia do coronavírus do que de decisões tomadas por dirigentes de futebol.

Por videoconferência os dirigentes acordaram que seriam necessários 15 dias de treinos antes da volta do campeonato, porém os próprios cartolas sabem que esse novo período previsto pode ser diminuído conforme se alongue a necessidade de isolamento social e com o regulamento sendo cumprido – ou seja: campeão e rebaixados serão decididos no campo, e não nos escritórios da FPF nem nos tribunais esportivos.

Veja Também

Pedido da Federação Catarinense de Futebol (FCF) pela volta dos jogos com portões fechados, é negado pelo Governo de Santa Catarina

No intuito de mantém veto aos esportes com aglomerações em meio à pandemia, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) teve seu pedido pela volta em 16 de maio, negado pelo Governo de Santa Catarina. A confirmação ocorreu na noite desta terça-feira por meio de comunicado oficial. As autoridades de saúde, avaliaram que não há possibilidade para a retomada, mesmo com portões fechados, de atividades gerem aglomeração ou contato físico.