A fim de manter invencibilidade de doze partidas, o Santos luta para manter a marca contra o Atlético-GO


Sem perder há mais de um mês, comandados do técnico Cuca tem seis vitórias e seis empates



Sem saber o que é sair de campo derrota, desde a partida contra o Flamengo no dia trinta de agosto, o Santos tem um objetivo bem definido na partida contra o Atlético-GO: defender a invencibilidade de doze jogos na temporada.

O time derrotou o Ceará, Atlético-MG, Delfín-EQU, Olimpia-PAR, Goiás e Grêmio, e empatou com Vasco, São Paulo, Olimpia-PAR, Botafogo, Fortaleza e Corinthians, foram seis empates e seis derrotas, contando Brasileirão e Copa Libertadores.

Ocupando a sexta colocação do Brasileirão, com 24 pontos, o Santos está a dois pontos do São Paulo, primeiro no G4 e a seis pontos do Atlético-MG, líder da competição. Está a frente nesse momento do campeonato, de elencos considerados melhores, como Palmeiras e Grêmio.

Com treze pontos e já está classificada às oitavas de final da competição de forma invicta, a equipe é a líder do Grupo G na Libertadores. E briga com o Palmeiras pelo lugar como melhor equipe da primeira fase entre todos os clubes da competição continental.

Com um bom clima vivenciado na Vila Belmiro, Cuca tem sido de suma importância nos bastidores: “- Estou vivendo um momento especial em minha carreira e isso eu divido com todos aqui no grupo. Temos uma família e todos querem o melhor para o Santos. Isso é o mais importante. Vamos ter um jogo difícil diante do Atlético, que vem de vitória. Temos que fazer uma boa partida para vencermos novamente e, quem sabe, para entrarmos no G4. Vamos lutar muito por isso.” afirmou o atacante em entrevista.

 



Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza