Após demissão de Ramon Menezes, Vasco abre conversa com Dorival Júnior. Luiz Felipe Scolari é outro nome cotado


Presidente Alexandre Campello centraliza trabalho para contratar treinador



Na busca por um novo nome para o substituto de Ramon Menezes, o Vasco intensificou, nesta sexta-feira conversa com Dorival Júnior. Luiz Felipe Scolari é outro nome cotado para substituir o demitido Ramon Menezes.

O ex-técnico do Athletico que foi demitido em agosto, recebeu contato do presidente Alexandre Campello a fim de acertar alguns detalhes. Outra possibilidade que vem sendo cogitada pelo Vasco, é Luiz Felipe Scolari, desempregado desde que deixou o Palmeiras em setembro do ano passado.

Tanto Dorival quanto Felipão se enquadram no perfil estabelecido pela direção de buscar um nome experiente. Campello centraliza e foca na busca pela contratação de um novo nome, em contato hoje, diretamente com Dorival, com quem trabalhou no Vasco em 2009, ano em que o treinador conduziu a volta da equipe à Série A do Brasileirão.

Vale lembrar que o ex-treinador da Seleção foi sondado por clubes sul-americanos que estão na Libertadores, mas as conversas não avançaram. Os dois nomes trazem ao Vasco a obrigação de ajustes financeiros, frente a fase complicada que o clube vem passando.

Ramon Menezes deixou o Vasco depois de pouco mais de seis meses no comando, o agora ex-técnico foi anunciado como substituto de Abel Braga no dia 30 de março deste ano. Menezes teve 16 partidas disputadas (2 pelo Carioca, 2 pela Copa do Brasil e 12 pelo Brasileirão) e acumulou oito vitórias, três empates e cinco derrotas. Para o clássico de sábado contra o Flamengo, em São Januário, pelo Brasileirão, o Vasco será comandado por Alexandre Grasseli, do sub-20.

Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza