Atacante Pepê é destaque na classificação para a Libertadores e Grêmio afirma: “Não está à venda!”


Com quatro gols nos últimos cinco jogos Pepê se torna peça fundamental para o Tricolor



A vitória de 2 a 0 sobre a Universidad Católica teve como peça fundamental a participação de Pepê, que foi destaque na vitória do Grêmio na 5ª rodada da Libertadores. Tido como inegociável pelo Tricolor no momento, o jogador recebeu ofertas de Wolverhampton, Atalanta e Porto.

A classificação antecipada do Grêmio na Libertadores passa pelo pé direito do camisa 23, o tem quatro gols nos últimos cinco jogos e se torna peça fundamental para o Tricolor, além do gol contra a Católica, o atacante também foi quem fez o gol da vitória contra o Inter. Seis pontos na conta a partir de finalizações certeiras. Além disso, foi dele também o gol de número 300 que entrou para a história na competição. O jogador viu a lacuna deixada pela saída de Everton e apareceu para tomar o protagonismo.

Segundo destacou o técnico Renato Portaluppi: “Ficamos felizes no momento que descobrimos um garoto e eles são vendidos. O último foi o Everton. E o Pepê já estava pedindo espaço. Vinha rendendo, vem nos ajudando, é fruto do trabalho do profissional e base. Tem dado conta do recado.”

A pouco tempo o Porto tentou levar o atacante, mas o Grêmio bateu o martelo e disse que o jogador não está à venda e sem negociá-lo no momento. A imprensa portuguesa fala em oferta de 10 milhões de euros (R$ 66,2 milhões). Porém segundo uma fonte gremista, o valor está acima do que foi revelado.

Segundo o Grêmio, com a venda de Everton, as contas para o ano de 2020 estão fechadas e não há intenções do clube em se desfazer de nenhum jogador no momento, e destaca que Pepê é decisivo nas ações estratégicas do clube. Além dos portugueses, a Atalanta, da Itália, e o Wolverhampton, da Inglaterra, fizeram contatos e começaram a negociar pelo atacante.

Liderando o Grupo E com 10 pontos, o Grêmio se classificou o Grêmio às oitavas de final da Libertadores com uma rodada de antecedência. No dia 22 de outubro, na Arena, recebe o América de Cali .

Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza