Atuando como lateral do Atlético Nacional, Daniel Muñoz diz que não tem pressa em deixar a Colômbia e que pensa em jogar na Europa


Mesmo afirmando estar feliz como lateral do Atlético Nacional, time de Medellín, Daniel Muñoz continua sendo cotado como reforço para o Palmeiras. Muñoz deixou fraca as expectativas do Palmeiras, afirmando que não pretende deixar o Atlético Nacional.



Durante uma videoconferência pelo Instagran o lateral de 23 anos disse que não tem pressa de sair do Nacional e disse que está “em casa”. Afirmou que além de ter o apoio de todos – É como o filho pródigo: por que sair da casa dos pais se ali você tem tudo? – disse.

No início de 2020, mais precisamente em fevereiro, o Palmeiras enviou até a Medellín, o diretor Anderson Barros e o advogado Leonardo Holanda, para tratar de assuntos sobre Miguel Borja, que depois alcançou a Fifa, e tratam também sobre a compra do lateral direito. Os dirigentes queriam entender as condições apresentadas pelo clube para um eventual acesso ao jogador.

Mesmo com a negativa do Presidente do Atlético Nacional, afirmando que não o venderia, o Palmeiras não desistiu da compra. Sonhando em ter Muñoz no time, o Palmeiras considera reforçar a lateral direita, já que o jogador apresenta uma boa chegada ofensiva.

Considerando que a fala veio diretamente do jogador, vamos aguardar os próximos capítulos desse namoro.



Veja Também

Pedido da Federação Catarinense de Futebol (FCF) pela volta dos jogos com portões fechados, é negado pelo Governo de Santa Catarina

No intuito de mantém veto aos esportes com aglomerações em meio à pandemia, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) teve seu pedido pela volta em 16 de maio, negado pelo Governo de Santa Catarina. A confirmação ocorreu na noite desta terça-feira por meio de comunicado oficial. As autoridades de saúde, avaliaram que não há possibilidade para a retomada, mesmo com portões fechados, de atividades gerem aglomeração ou contato físico.