Botafogo de Lazaroni dá fim à sequência negativa


Com Keisuke Honda ditando o ritmo as jogadas Clube de General Severiano incomodou o Palmeiras e saiu do jejum



Após dez rodadas sem saber o que era um resultado positivo na competição, o Botafogo enfim, venceu no Campeonato Brasileiro, quando ganhou por 2 a 1 sobre o Palmeiras, no Estádio Nilton Santos.

Mostrando novas características, a equipe comandada por Bruno Lazaroni mostrou naturalmente pontos e características aplicadas pelo treinador, que vão aparecendo de forma exponencial.

Aplicando mais pressão no campo ofensivo, principalmente no primeiro tempo, os volantes do Palmeiras praticamente não pegaram a bola sem serem incomodados. O time teve duas chances a partir do erro do Palmeiras, mas Rhuan e Matheus Babi não aproveitaram cruzamentos dentro da área.

Houve uma melhora considerável com a entrada de Honda no ataque, praticamente todas as jogadas passavam pelo camisa 4, que acelerava o time ou segurava as ações nos momentos de pressão do adversário. Não há dúvidas de que o elétrico começo de segundo tempo, também teve a ver com a participação de Honda, o camisa 4, em termos ofensivos, deu uma nova cara ao Alvinegro.

Na metade do segundo tempo Honda foi substituído e o Botafogo ficou com Kalou, Pedro Raul e Matheus Babi em campo. Como nem tudo são flores, a vitória alnçada pelo Botafogo por pouco não foi um empate. Diego Cavalieri foi herói na cobrança de pênalti de Willian, que, apesar do gol, perdeu chances claras dentro da área.



Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza