Bruno Méndez, que após mais de um ano e meio de clube deve iniciar sequencia inédita sendo titular do Corinthians


Após a confirmação da grave lesão de Danilo Avelar, zagueiro uruguaio assumirá a titularidade



Com a confirmação da grave lesão que Danilo Avelar sofreu no joelho direito, que obrigatoriamente o afastará dos gramados por aproximadamente oito longos meses, o Corinthians teve que repensar em seu elenco. Por conta da fatalidade que trouxe esse momento nada animador para o grupo, o zagueiro uruguaio vai receber a sequência que tanto esperou no Corinthians.

Após mais de um ano e meio de clube, o jogador terá finalmente uma sequência como titular no Timão. Junto ao elenco desde o fim de fevereiro de 2019, o atleta chegou ao Timão como uma das maiores promessas do futebol sul-americano após ter passagens pelas seleções de base de seu país. Apesar de grandes expectativas, o jogador acabou recebendo poucas oportunidades e chegou a atuar improvisado na lateral direita, atuando apenas em seis jogos no ano passado.

Méndez só teve sua estreia como zagueiro em setembro do ano passado contra o Fluminense e voltou a campo para enfrentar Goiás e Cruzeiro, no mês de outubro e sua última participação ano passado foi numa partida contra o Flamengo.

Em 2020, a concorrência continuou forte e ganhou mais dois rivais, os jogadores Pedro Henrique e Danilo Avelar, que passaria a ser zagueiro. Com poucas oportunidades e sem chances com o treinador, o jogador começou a se incomodar. Buscando figurar nas convocações da seleção de seu país, o zagueiro chegou a conversar com a impressa do Uruguai sobre isso antes da pandemia. Mas com a saída de Pedro Henrique, negociado com o Athletico-PR, o assunto não avançou e ele permaneceu no grupo.

O destino, por uma fatalidade, acabou oferecendo os minutos que tanto o uruguaio queria para este segundo semestre. Seu primeiro compromisso dessa sequência será neste domingo, às 20h30, quando o Corinthians vai enfrentar o Ceará, fora de casa, pela 14ª rodada do Brasileirão.

Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza