Considerado o melhor em campo pela Conmebol na vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Delfín, na madrugada desta sexta-feira, Marinho faz primeiro gol em Libertadores.


Marinho se diz muito feliz com seu primeiro gol em Libertadores, encerrando assim o silencio no Santos



Se arriscando no portunhol em entrevista atacante Marinho encerra silêncio no Santos com seu primeiro gol em Libertadores. O jogador foi eleito o melhor em campo na vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Delfín, na madrugada desta sexta-feira, no Equador, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

Mesmo não dando entrevistas após as partidas atualmente, pelo protocolo da competição, quem é eleito o melhor em campo tem de atender a imprensa. Ele arriscou no portunhol e elogiou o elenco do Peixe. O atacante foi autor de um dos gols da partida, o outro foi marcado por Jean Mota.

Marinho disse: “O grupo todo é fantástico. A família é muito grande. Feliz por tudo. Foi uma grande jogada de Soteldo, a bola veio e eu, como oportunista, estava no lugar certo para marcar o gol. Foi uma partida muito difícil, a equipe é muito forte. Temos que pensar jogo a jogo e desfrutar essa vitória.”

Com a vitória conquistada no Equador, o Santos busca apenas um empate para a classificação. O time está quatro pontos à frente do Defensa y Justicia, o segundo colocado e idera o Grupo G, com 10 pontos. O Santos volta a campo pela competição continental na próxima semana, quando enfrenta o Olimpia no Paraguai. Antes, no domingo, recebe o Fortaleza na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

 



Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza