Fifa anuncia Plano de Ajuda e vai distribuir entre 211 federações, R$ 846,8 milhões para serem gastos dos exercícios 2019 e 2020


Com um fundo que soma US$ 150 milhões (R$ 846,8 milhões), a Fifa anunciou que vai distribuir entre suas 211 federações, frente a crise causada pela pandemia do novo corona vírus. De acordo com comunicado, a entidade apontou que o dinheiro do plano de ajuda chegará aos órgãos nacionais nos próximos dias.



O presidente da Fifa, Gianni Infantino, trouxe dificuldades sem precedentes para toda comunidade do futebol, e sendo a Fifa um órgão mundial, o dever da mesma é apoiar aos que precisam nesse momento. Gianni Infantino disse ainda que esse é o primeiro passo adotado pelo órgão frente as colaborações propostas.

Sem detalhar quais seriam os próximos passos na ajuda as federações, Gianni Infantino indicou que vem avaliando as perdas financeiras ao redor do mundo por conta da pandemia da Covid-19.

Nesse momento, a fim de trazer um fôlego emergencial, a Fifa abriu mão do plano de assistência às federações, visando proteger as federações a que compõe e indicou que vem avaliando as perdas financeiras ao redor do mundo. Outra ação adotada, foi liberar integralmente os direitos do Programa Forward 2.0, adiantando um pagamento que seria feito apenas em julho.

A Fifa indica que a ajuda deve ser direcionada a fim de minimizar os impactos da crise que paira sobre o mundo do futebol e que deve ser aplicada nas obrigações operacionais, como o pagamento de funcionários. Informa ainda que a aplicabilidade da ajuda será monitotorada pelo órgão e estará sob auditoria.



Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza