Flamengo é recepcionado por equipe médica em sua volta ao Rio


Por conta do surto de Covid-19 que atingiu o grupo no Equador, delegação do Flamengo é recepcionada por equipe médica no Galeão



Com comemoração e aliviados com a vitória alcançada pelo time diante do Barcelona (EQU), a delegação do Flamengo desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim nesta quarta, por volta das 6h. O grupo foi recebido por uma equipe médica, após o surto da Covid-19 que atingiu o grupo em Guayaquil, os jogadores e demais profissionais foram direto ao CT do Ninho do Urubu para realizarem uma nova bateria de exames.
Sete jogadores do Flamengo foram afastados por testaram positivo para coronavírus no Equador, foram eles: os laterais Mauricio Isla, Matheusinho e Filipe Luís, o meia Diego Ribas e os atacantes Bruno Henrique e Michael. Já na segunda-feira, o outro caso confirmado no elenco rubro-negro foi o atacante Vitinho.
Os jogadores infectados, que não puderam jogar a partida desta terça, chegaram num voo à parte durante a madrugada. Internamente, o clube trabalha com alerta ligado para a possibilidade de novos casos da doença.
Com a derrota para o Del Valle, um pressionado Domènec Torrent viu Gabigol ser cortado da partida contra o Barcelona por lesão, o Flamengo viveu dias de tensão no Equador, porém o ponto alto foi a grande número de jogadores infectados pelo novo corona vírus, que quase cancelou a partida contra o Barcelona de Guayaquil que teve o jogo liberado horas antes pela Conmebol.

Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza