Luciano Mancha que está de volta ao River-PI busca novo técnico e busca ida para a Série C


De volta ao River-PI após uma breve passagem em 2019 onde cargo de gerente de futebol, Mancha está de volta ao time, e diz que a prioridade para o momento é buscar um novo técnico para o time.



Respondendo aos questionamentos feitos sobre os próximos passos adotados pelo clube, advindos do novo cargo que exerce, Mancha reiterou o compromisso em subir para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Mancha enfatizou que durante a próxima semana, será definido o novo treinador e disse que já conversa com alguns nomes. Por ainda faltar seis rodadas para finalizar o estadual, disse que é primordial trazer um treinador para recomeçar essa competição, – apontou o gerente de futebol do River-PI.

Sem apontar grandes detalhes de suas ações, o gestor que um dos principais objetivos é o de conquistar o acesso nacional. Disse que sobre o elenco atual, que tem sondado novos jogadores e que pretende o mais breve possível se reunir com a diretoria para definição de alvos.

A gente vai buscar jogadores que conheçam a Série D, a gente vai jogar em campos bons, campos ruins, horríveis, com equipes que a gente conhece. Vamos montar uma equipe forte, competitiva e que dê alegria para a torcida. Eu tenho uma relação de atletas que já trabalharam comigo que podem vir para o River– comunicou Mancha no material postado pela assessoria do clube.

A FFP disse que vai se posicionar até o final do mês sobre a paralização do Piauiense 2020, diz que tudo vai depender de como estará o andamento da pandemia que atinge o mundo. Informa que tendo possibilidade de retomada, não poupará esforços para resguardar a segurança na saúde de seus colaboradores.

Veja Também

Pedido da Federação Catarinense de Futebol (FCF) pela volta dos jogos com portões fechados, é negado pelo Governo de Santa Catarina

No intuito de mantém veto aos esportes com aglomerações em meio à pandemia, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) teve seu pedido pela volta em 16 de maio, negado pelo Governo de Santa Catarina. A confirmação ocorreu na noite desta terça-feira por meio de comunicado oficial. As autoridades de saúde, avaliaram que não há possibilidade para a retomada, mesmo com portões fechados, de atividades gerem aglomeração ou contato físico.