No jogo que acontece hoje à noite contra o Botafogo, Bahia tenta quebrar jejum de vitórias


Se vencer a partida o Tricolor deixa a lanterna e ultrapassaria o Glorioso, que também vive jejum



Com a chance de reabilitação contra o Botafogo, o Bahia busca hoje sair da sequência de jogos sem ganhar, já são nove partidas sem vitória. Os dois times se enfrentam hoje as 21h no estádio do Engenhão em partida adiada da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo tem grande relevância para o Bahia, que em caso de vitória ultrapassaria o rival carioca e deixaria a lanterna da Série A. O Bahia tem hoje apenas nove pontos conquistados, contra nove do Glorioso. Além disso no caso de uma vitória, essa seria a primeira sob o comando de Mano, nas partidas anteriores, o treinador só viveu partidas com derrotas para o Bahia, foram três, contra Atlético-GO, Corinthians e Athlético-PR.

A seguir a sequência de jogos sem triunfos do Bahia:

São Paulo 1 x 1 Bahia, Ceará 2 x 0 Bahia, Bahia 1 x 1 Palmeiras, Bahia 3 x 5 Flamengo, Internacional 2 x 2 Bahia, Bahia 0 x 2 Grêmio, Bahia 0 x 1 Atlético-GO, Corinthians 3 x 2 Bahia e Athletico 1 x 0 Bahia.

Segundo o técnico Mano Menezes, após a derrota para o Furacão: Cada rodada sem vencer o time sofre com a falta de confiança. Mano ainda destaca que o Bahia conseguiu demonstrar evolução e apresentou alguns bons elementos contra Corinthians e Athletico.

Como Gilberto e Élber deixaram o campo por lesão no fim de semana, Mano pode encontrar problemas para escalar a equipe titular. O time deve entrar em campo com: Douglas Friedrich; Nino, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo (Elias), Ramires e Marco Antônio (Élber), Rodriguinho e Saldanha (Gilberto). Como desfalques: João Pedro se recupera de lesão e Zeca está liberado para resolver problemas pessoais; Élber e Gilberto são dúvidas. E por fim Pendurados: Rossi.



Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza