O Segundo Tempo no Fluminense e a perda de 8 pontos na etapa final do Brasileirão


Torcedores tentam entender se é azar, conscidência ou cansaço



Com oito dos quinze gols sofridos ocorrendo no segundo tempo, o Fluminense vem sendo alvo de críticas da torcida por não conseguir vencer os jogos em que saiu na frente do placar. Mas o que vem ligando o sinal de alerta, é que seis desses gols levados fizeram o time deixar de ganhar oito pontos na classificação.

Se tivesse mantido seu placar de primeiro tempo em dois jogos, o Flu hoje seria o vice-líder com 26 pontos, só um atrás do Atlético-MG. Uma vez que já vencia até o intervalo mas cedeu o empate, um que levou a virada e outro que empatava e acabou o perdendo.

Os pontos perdidos na etapa final, se deram nas seguintes partidas:

Na quarta rodada, Bragantino 2 x 1 Fluminense: -1 ponto. Neste jogo o Fluminense saiu atrás do placar no Nabi Abi Chedid, mas rapidamente empatou e foi para o intervalo com o 1 a 1. Na volta tomou o segundo gol do Bragantino.

Na sétima rodada, Fluminense 1 x 1 Atlético-GO: -2 pontos. Abrindo o placar cedo contra o Atlético-GO no Maracanã e ainda perdeu chances de ampliar. Na volta com um jogador a menos, o Flu não segurou a pressão e sofreu o empate.

Na oitava rodada, São Paulo 3 x 1 Fluminense: -3 pontos. O Fluminense saiu na frente do placar no Morumbi e também sustentou a vitória parcial até o intervalo. Mas no segundo tempo o time foi dominado pelo São Paulo e sofreu dois gols.

E pela 13ª rodada, no último domingo, Botafogo 1 x 1 Fluminense: -2 pontos. Com vitória parcial no primeiro tempo, o time também saiu à frente no marcador no Nilton Santos e foi para o intervalo do clássico contra o Botafogo com a vitória parcial. Mas viu seu rival reagir e empatar aos 27 do segundo tempo.

Alguns apontam desgaste físico do time como o principal problema de não conseguir segurar o placar no segundo tempo.

Já para Yago, que deve ser titular hoje contra o Goiás, o problema é postura, e diz: “Quem quer disputar a primeira parte da tabela, entre os primeiros colocados, não pode desperdiçar chances que tivemos até então. Alguns resultados doeram bastante, serviram de lição e fazem com que fiquemos nessa posição hoje no campeonato. Se estivéssemos mais atentos a esses jogos, talvez estivéssemos em uma situação melhor. Creio que temos que ajustar esses detalhes de cada jogo, é muito importante para disputar a primeira parte da classificação. Sabemos que jogos em casa temos que fazer valer o fator casa, e temos que melhorar nos jogos fora. Contra o Goiás, é mais uma oportunidade de buscar a vitória, esse G-6 ou G-4, e confirmar a boa fase fora de casa também.”

Com desafio de mudar o roteiro dos segundos tempos, o Fluminense pega hoje o lanterna Goiás. Jogo acontece na Serrinha, pela 14ª rodada do Brasileirão.

Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza