Tite corta Gabriel Jesus da Seleção por conta de lesão e no lugar dele convoca Matheus Cunha para estreia nas Eliminatórias


Por conta de Lesão sofrida contra o Wolverhampton na segunda-feira, Tite corta Gabriel Jesus da Seleção



Fora dos dois primeiros jogos da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, por conta de uma lesão, Gabriel Jesus foi substituído pelo atacante Matheus Cunha, do Hertha Berlin, da Alemanha. Jesus sofreu uma lesão no jogo entre Manchester City e Wolverhampton na última segunda-feira, pelo Campeonato Inglês.

O jovem foi o artilheiro do Pré-Olímpico, Matheus, de 21 anos já vinha sendo monitorado pelo técnico Tite, chegando a receber elogios do treinador. Disputou 16 jogos e marcou 14 gols, pela seleção sub-23 e vem se destacando com a camisa da equipe de Berlim, onde chegou no começo do ano, vindo do RB Leipzig. Esta é a primeira convocação de Matheus, de 21 anos, para a Seleção principal.

Estreiando em 2020/21 balançando as redes na vitória do City por 3 a 1, na segunda-feira, Gabriel Jesus ficará fora dos confrontos contra a Bolívia na Neo Química Arena, no dia 9, e Peru, em Lima, no dia 13, em um bom momento na Inglaterra. Tem sua melhor temporada no Manchester City com 23 gols marcados em 53 jogos, sendo titular em 34 deles.

Recebendo a Bolívia no dia 9 de outubro em São Paulo, o Brasil estreia nas eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022, quatro dias depois, a seleção de Tite visita o Peru, em Lima. Já em novembro, estão previstos confrontos contra Venezuela, em casa, e Uruguai, fora, nos últimos compromissos do time em 2020.



Veja Também

São Paulo encara Rogério Ceni pela primeira vez em um mata-mata

O torcedor são-paulino se depara com uma situação inédita, enfrentar seu histórico goleiro, hoje como técnico do Fortaleza